Fev 07
2019

Várias escolas da Rede Pública de Ensino do Estado do Piauí estão literalmente abandonadas na cidade de Floriano (PI). Muitas delas, encontram-se com suas estruturas comprometidas.

A maioria delas está servindo de ponto de encontros de usuário de drogas. Sem vigias e entregues ao abandono total, no passado, todas elas já foram referências no ensino.

De acordo com o servidor público Abdias Neto, o abandono das escolas é de muitos anos e até hoje nenhuma providência foi tomada

‘’É uma vergonha, afinal, estas escolas são patrimônios públicos e mereciam um tratamento melhor dos governantes que nada fazem para reverter esta triste situação. Eu mesmo estudei na Unidade Escolar Ribeiro Gonçalves, no bairro Sambaíba, e hoje o que eu vejo é um abandono que me deixa muito triste”, afirmou.

Além do abandono, o Portal Floriano 01 foi em três escolas e identificou que a maioria do lixo é composta por folhas e restos de galhos de árvores.

Segundo a dona de casa Luiza Maria, que reside nas proximidades da Unidade Escolar Monsenhor Lindolfo Uchôa, o local, está servindo de ponto de encontro de usuários de drogas há muitos anos.

“Eu e as minhas filhas estudamos nesta escola e hoje quando eu passo em frente à mesma fico triste em vê-la abandonada e jogada ao relento. Um patrimônio que está sendo destruído e que as autoridades do Estado e nem do município não tomam sequer uma providência”, afirmou.

Escola Agrônomo Parente, Unidade Escolar Monsenhor Lindolfo Uchôa, Ulisses Marques e Unidade Escolar Ribeiro Gonçalves, que um dia foram referências na cidade de Floriano, são as mais prejudicadas pelo abandono.

O Portal Floriano 01 procurou a direção da Décima Regional de Educação para falar sobre o assunto, mas obteve nenhuma resposta.

Fev 07
2019

Várias escolas da Rede Pública de Ensino do Estado do Piauí estão literalmente abandonadas na cidade de Floriano (PI). Muitas delas, encontram-se com suas estruturas comprometidas.

A maioria delas está servindo de ponto de encontros de usuário de drogas. Sem vigias e entregues ao abandono total, no passado, todas elas já foram referências no ensino.

De acordo com o servidor público Abdias Neto, o abandono das escolas é de muitos anos e até hoje nenhuma providência foi tomada

‘’É uma vergonha, afinal, estas escolas são patrimônios públicos e mereciam um tratamento melhor dos governantes que nada fazem para reverter esta triste situação. Eu mesmo estudei na Unidade Escolar Ribeiro Gonçalves, no bairro Sambaíba, e hoje o que eu vejo é um abandono que me deixa muito triste”, afirmou.

Além do abandono, o Portal Floriano 01 foi em três escolas e identificou que a maioria do lixo é composta por folhas e restos de galhos de árvores.

Segundo a dona de casa Luiza Maria, que reside nas proximidades da Unidade Escolar Monsenhor Lindolfo Uchôa, o local, está servindo de ponto de encontro de usuários de drogas há muitos anos.

“Eu e as minhas filhas estudamos nesta escola e hoje quando eu passo em frente à mesma fico triste em vê-la abandonada e jogada ao relento. Um patrimônio que está sendo destruído e que as autoridades do Estado e nem do município não tomam sequer uma providência”, afirmou.

Escola Agrônomo Parente, Unidade Escolar Monsenhor Lindolfo Uchôa, Ulisses Marques e Unidade Escolar Ribeiro Gonçalves, que um dia foram referências na cidade de Floriano, são as mais prejudicadas pelo abandono.

O Portal Floriano 01 procurou a direção da Décima Regional de Educação para falar sobre o assunto, mas obteve nenhuma resposta.

Jan 16
2019

Por Joélia Raulino

Um acidente ocorrido hoje (16) por volta das 11h30min na BR 230 em Barão de Grajaú-MA envolvendo uma D-20 de placa GNK-4532 de São Francisco do Maranhão-MA e uma moto modelo Honda placa NIE-9931 Picos -PI, deixou uma pessoa com ferimentos graves em uma de suas pernas.

placa carro

placa moto

Segundo informações de populares o condutor da D-20 identificado somente como Rodrigo vinha da Av. Mário Bezerra de Barão de Grajaú e invadiu a BR 230 colhendo a moto conduzida por Cláudio que estava passando na BR no momento.
Cláudio, condutor da motocicleta, teve um grave ferimento na perna e rapidamente foi encaminhado ao Hospital Municipal Barjonas Lobão em Barão de Grajaú-MA. O Senhor Rodrigo, condutor da D-20 sentiu-se mal logo após o acidente e foi encaminhado para o Hospital também.
A polícia encontrou com Cláudio uma arma de fogo que foi apreendida imediatamente.

ac 1 slide

ac 2

ac 3

ac 4

ac 5

ac 6

ac 7

ac 8

ac 9

Fev 04
2019

Uma chuva forte que começou por volta das 07h30 da manhã desta segunda-feira (04/02), na cidade de Floriano (PI) e Barão de Grajaú (MA), provocou estragos. Em Floriano, as ruas ficaram completamente alagadas e o trânsito congestionado. A chuva, que demorou pouco mais de uma hora, pegou muitos florianenses e baronenses de surpresa.

Chuva em Floriano 04.02.2019
E mesmo sem a confirmação da chegada do período invernoso, os municípios de Floriano (PI) e Barão de Grajaú (MA), têm chovido bastante nos últimos dias.
De acordo com o observador da Estação Meteorológica de Floriano, Antônio José Borges, apesar de o registro de chuvas, ainda não se pode confirmar que já estamos no período chuvoso.
Segundo ele, as chuvas estão sendo provocadas por causa da zona de convergência. Antônio José Borges confirmou, ainda, que, a previsão é de mais chuvas para os próximos dias 15 dias para a região de Floriano e Barão de Grajaú.

Jan 08
2019

O CRM-PI (Conselho Regional de Medicina do Piauí) publicou uma nota nas redes sociais em que orienta os médicos do Piauí a boicotarem o concurso público que será realizado pela Prefeitura d e Floriano

crm pi logao

. O certame oferta 14 vagas de médicos para o município. O salário ofertado revoltou a categoria. O vencimento inicial é de apenas R$ 1.675,00(Mil seiscentos e setenta e cinco Reais). Segundo a nota, esses valores ferem a honra e a dignidade do exercício da medicina. A Prefeitura de Floriano vem enfrentando há meses problemas com a falta de médicos que não aceitam os baixos salários oferecidos pelo município. Confira o que diz a nota emitida pelo CRM-PI:
O CRM-PI recomenda aos médicos que não aceitem ofertas de emprego e plantões médicos e nem se submetam a concurso público cuja remuneração se encontre bem abaixo da média dos valores praticados, conforme descrito na Recomendação anexa, como o que está disposto pela Prefeitura Municipal de Floriano. Valores abaixo do praticado ferem a honra e a dignidade do exercício da medicina.

nota crm